Marcadores

domingo, 23 de julho de 2017

João Rosa de Castro - Zum

AVENIDA PRINCIPAL


Ontem cantaram alto
E amarraram os sapatos.
Hoje afetam silêncio
Para induzir os mais virgens.

Ontem a tinta ia
Para além da tela decente.
Hoje a ilusão chega
Com virtual orgasmo,
Coisas intermitentes
Sem odor acentuam
Batidas do coração.

Se alguém aqui fosse anjo
Com metálica vestimenta
A mecânica asa a jato
Faria voar tão alto
Que o combustível acabava.

Ontem cartas rondavam
E os semblantes reluziam.
Hoje incomunicáveis
Nós nos tornamos deuses.